top of page

Alugando Apartamento no Japão

Então quer dizer que você deseja vir morar no Japão, mas não faz ideia de como e onde começar a procurar casa/apartamento. Calma, eu te explico.

Diferente do Brasil o País possui 9 regiões, 47 províncias e uma metrópole (Tóquio), sendo as províncias muito similares com a nossa concepção de estados. O país apesar de ser significantemente menor que o Brasil, seu litoral marítimo é 4 vezes maior que o Brasileiro. Com mais 6 mil ilhas no seu arquipélago, milhares de rios e córregos cortando o país e 108 vulcões ativos, o Japão também é atingido por volta de mais de mil terremotos todos os anos, de magnitudes pequenas a grandes.

Tóquio é a metrópole que é a capital do país, dentro dela sua administração é dividida por 23 prefeituras (wards), cada uma dessas prefeituras tem seu próprio prefeito e local administrativo. Podendo diferir até algumas pequenas regras internas.

Diferente do Brasil, não devemos nos preocupar com a comodidade de escolher o lugar mais perto, com mais lojas, mais seguro. O Japão possui um dos melhores transportes públicos do mundo e é um dos países mais seguros para se morar, com a taxa de criminalidade descendo todos os anos.

Então, quais devem ser suas maiores preocupações ao procurar uma moradia no Japão? E a primeira dica que vou dar é, espaço X valor. Procure algo que caiba as suas necessidades da casa, e no seu bolso.

Primeiramente você vai precisar entender a nomenclatura dos tamanhos de casa no Japão. Por que ao pesquisar você irá encontrar coisas como 1LDK, 2DK, 1R, Etc. Como isso funciona?

1LDK - o número determina a quantidade de quartos, L de living room, sala de estar, D de dinning, Sala de jantar, K de Kichen, cozinha. Algumas vezes podem encontrar também S de storage, um quarto sem janelas.

1R -1 Room, 1 quarto, ou seja, tudo em um único lugar.

Dificilmente você encontrará apartamentos com mais de um banheiro, o costume é que o lugar que se toma banho fique separado da privada, apenas em apartamentos muito pequenos você terá “1 unit bathroom” que é o banheiro com tudo junto. A minha recomendação é fugir dos apartamentos com esse tipo de banheiro e procurar os que são com eles separados, o banheiro será maior e mais confortável.

Aqui você pode ver alguns exemplos de 1DK, 1K e 1LDK respectivamente.


O custo dessas moradias vão variar muito de acordo com a região, um apartamento de 1K pode custar a mesma coisa de um 3LDK ainda dentro de Tóquio, apenas mudando de uma prefeitura para outra. Por isso é preciso primeiro saber, qual o tamanho que você precisa morar e depois ver, qual prefeitura vai atender seu bolso com esse tamanho.

Localização

Diferente do o que aprendemos no Brasil, nós não precisamos nos preocupar do mesmo jeito. É muito comum os marinheiros de primeira viagem sempre se preocuparem em ficar na região mais central ou o mais perto possível do trabalho. Mas isso não vai ser uma necessidade aqui no Japão.

Usando Tóquio como exemplo, por ser o destino de mudança mais comum para a maioria dos imigrantes. Boa parte das empresas ficam na região central, então o mais comum é que você opte por essas região. Por achar que será mais conveniene. Mas não se enganem, a região ao redor da região central vai diminuir o custo dos alugueis quase pela metade e continua sendo extremamente conveniente.


Linhas de trem e metrô

Sua maior preocupação deve ficar aqui, nas linhas de trem e metrô e na proximidade das estações. Isso que fará a maior diferença na sua vida morando em Tóquio, e no Japão!


Dito isso, vou deixar aqui alguns links úteis para vocês, pesquisem bem!

Share Houses:




302 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page