top of page

Casas de Graça no Japão - A verdade sobre

Você provavelmente caiu já em algum site de noticias falando sobre casas de graça no Japão, ou casas abandonadas e por preços incríveis!

Mas antes de pegar suas malas e voar pro Japão em busca da casa própia vamos entender melhor o que são essas casas e o que você precisa fazer para ter uma.



No Japão, milhões de casas abandonadas no campo estão sendo oferecidas a preços baixos para atrair compradores locais e estrangeiros. O governo japonês e algumas administrações regionais estão subsidiando reformas e leiloando essas casas, conhecidas como "akiya", por cerca de US$25.000 ou até US$500. Muitas casas antigas são abandonadas devido à preferência por casas novas e à diminuição da população no Japão.


Essas casas exigem frequentemente reformas extensas para serem habitáveis e podem depreciar em valor ao longo do tempo. Embora os baixos custos atraiam interesse, mudar para a região rural do Japão pode ser desafiador devido às diferenças culturais e à dificuldade de adaptação à comunidade local.


Além do que muitas dessas casas as vezes ficam em regiões agriculas e você precisará de lincenças especiais para morar nelas.



casas abandonadas no Japão, principalmente nas áreas rurais, onde o número delas é significativo devido à diminuição da população e à preferência dos compradores japoneses por casas novas em detrimento das usadas. Isso resulta em muitas casas antigas sendo abandonadas quando os proprietários morrem ou as gerações mais jovens se recusam a herdar.


Nem todas as casas abandonadas são gratuitas para qualquer pessoa. Alguns programas podem ter critérios específicos, como idade, residência local ou planos de revitalização da comunidade. Além disso, há procedimentos legais e burocráticos a serem seguidos para adquirir essas propriedades. Mesmo que a casa em si seja gratuita, ainda podem existir impostos e taxas associadas à propriedade que o novo proprietário precisará arcar.


Para revitalizar essas áreas e atrair compradores, alguns governos regionais estão oferecendo subsídios para reformas e leiloando as casas a preços muito baixos, como $25.000 ou até mesmo $500. O termo japonês para essas casas vazias é "akiya", e elas podem ser encontradas em "akiya banks".


Os "akiya banks" são páginas operadas por governos locais no Japão que listam casas vazias ou abandonadas disponíveis para venda ou leilão. Essas páginas fazem parte de um programa lançado pelo Ministério de Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão para lidar com o problema das casas abandonadas no país, principalmente nas áreas rurais.


Nesses "akiya banks", as casas são geralmente oferecidas a preços muito baixos, como $25.000 ou até mesmo $500, com o objetivo de atrair compradores locais e estrangeiros interessados em revitalizar as áreas rurais e dar uma nova vida às propriedades abandonadas. Essas casas podem exigir reformas extensas para torná-las habitáveis, e muitas vezes são consideradas estruturalmente frágeis de acordo com as leis de construção japonesas.


O objetivo desses bancos de akiya é não apenas encontrar compradores para as casas abandonadas, mas também revitalizar comunidades rurais, trazendo novos residentes e investimentos para essas áreas. Eles também são uma resposta às preocupações sobre o desperdício de propriedades abandonadas e ao envelhecimento das populações nas áreas rurais do Japão.


Embora essas casas ofereçam oportunidades atraentes para quem procura uma mudança de estilo de vida, há desafios a considerar. Muitas dessas casas requerem limpeza e reformas significativas para serem habitáveis, e algumas são consideradas estruturalmente frágeis de acordo com as leis de construção japonesas.


Apesar das oportunidades e do baixo custo inicial das casas, é importante considerar a longo prazo os desafios financeiros, a depreciação do valor das propriedades no Japão. As casas japonesas não são consideradas um investimento, por depreciarem de preço muito rápido devido aos desastres naturais.


Além de diversas leis novas que são implementadas para a segurança dos edifícios, que casas antigas precisam se adaptar.




78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page