O Melhor Método para Aprender Japonês

Em breve entrarei no meu terceiro ano de jornada de aprendizado de japonês, nesse meio tempo não só aprendi japonês como também reaprendi a estudar. Como bem sabemos, assim como escola e faculdade, estudo não depende só da matéria, depende do material didático, dos professores e também do esforço pessoal.


Diferente da escola e da faculdade, quando aprendemos uma língua nova poucas vezes fazemos isso por necessidade e sim por que queremos, o que torna a dinâmica de estudo bem diferente. Principalmente quando estamos falando de uma língua que só é falada em único país como o Japonês.

Por conta desse anseio em aprender algo novo que você escolheu aprender acabamos tentando encontrar atalhos de estudo, formas "rápidas" e mais "eficientes". E pessoas com essa mentalidade acabam caindo em cursos e professores que prometem alcançar fluência em "X" tempo de estudo, com esse "Y" curso maravilhoso.

Não consigo nem contar quantas vezes me frustrei ao encontrar diversos vídeos no youtube de pessoas que atingiram os níveis do N2 ou N1 em menos de 2 anos. Cheguei a querer desistir de aprender japonês por me achar burra e duvidar que o método que estava fazendo era eficaz, apesar de ver sim uma evolução diária, mas não era no mesmo ritmo de todas essas pessoas que via.

Mas até me tocar por conta própria e prestar atenção no método que estava sendo utilizado por essas pessoas. Elas dedicavam mais de 4 horas diárias de estudo, muitas delas já moravam no Japão, algumas fizeram escolas de idioma no Japão e outras até estavam partindo de um nível maior que o meu.

Eu não estava na mesmas condições e nem na mesma página que muitas dessas pessoas. No meu primeiro ano de aprendizado eu dedicava 30 min diários para estudo em casa por que trabalhava de segunda a sábado.

Após chegar nessa conclusão foquei em observar a minha evolução pessoal e parar de comparar com outras formas de aprendizado de outras pessoas. Não existe método milagroso de aprendizado, não existe "o método mais eficiente" e nem "o mais rápido".

Nesses quase 3 anos aprendendo Japonês, cheguei a usar diversos livros e professores diferentes e comecei a engatar nos estudos quando entrei no Kumon, chegando até o nível D quando resolvi trocar para um professor particular que utiliza o Minna no Nihongo. Depois comprei por conta própria livros focados em JLPT e Kanji, até chegar em hoje onde também utilizo sites como o WaniKani e o Bunpro. Meu método de aprendizado foi mudando de acordo com as minhas necessidades, quando resolvi focar na prova do JLPT e agora que estou morando aqui, foram dois momentos chaves que fizeram eu mudar totalmente a forma que estou aprendendo.

E quando vou aconselhar pessoas em por onde começar a estudar, gosto de enfatizar bem que o método em si não tão importante, o importante é o quanto a pessoa vai se dedicar aquilo e o quanto o método vai te ajudar. O método é um guia, mas o resultado final vem da dedicação diária



Espero que tenham gostado dessa reflexão e tenham entendido a mensagem que eu queria passar. Fiquem bem, fiquem seguros, estudem! Abraços!

85 visualizações

©2020 por Hey, Ju! Listen!. Orgulhosamente criado com Wix.com